Como cuidar dos pés dos idosos?


Autor(a): Podóloga e enfermeira Vera Lucia Dubiela COREN/SC 30261

Você sabia que os pés deveriam ser um dos principais pontos de atenção em se tratando do bem-estar dos idosos? 
 
Como ponto de suporte do peso do corpo, durante os anos, é normal que o processo degenerativo também atinja o os pés, que acabam sofrendo os efeitos do tempo. Por isso, calos,  joanetes, artroses, tendinites e outras alterações do apoio plantar  são alguns dos problemas comuns na terceira idade.
 
E isso acaba impactando negativamente a qualidade de vida por conta das dores e da dificuldade de locomoção decorrentes desses fatores.  O joanete, por exemplo, que nos casos mais graves ainda causa dificuldade de locomoção, pode tornar difícil até mesmo calçar um sapato, mesmo que confortável.
 
Ou seja, é preciso investir em prevenção e manter práticas de cuidados com os pés, na terceira idade. 
 
Atenção no dia a dia
Uma coisa é certa. Todos desejamos envelhecer com qualidade de vida. E, como demonstram as projeções do IBGE, a população brasileira está ficando mais velha. Pelas previsões oficiais, o número de brasileiros com mais de 65 anos deve triplicar até 2060.
 
Além disso, é importante considerar que as dores nos pés são uma queixa muito comum dessa parcela da população. Portanto, se a ideia é aproveitar a vida, com muita saúde, na terceira idade, a saúde dos pés precisa de atenção. 
 
Algumas condutas rotineiras que ajudam nisso são a hidratação, bem como o cuidado em lavar bem os pés, sem esquecer da secagem adequada, principalmente entre os dedos. 
 
As unhas devem ser cortadas em formato reto. Outros pontos de atenção fundamentais são observar mudanças de coloração ou aspecto das unhas, bem como o surgimento de qualquer sintoma ou deformidade que desperte atenção.
 
Meias e calçados adequados são primordiais. As meias de algodão, lã ou derivados permitem maior transpiração, evitando mau odor e micoses. A medida que se envelhece, é preciso prestar atenção nos tipos de calçados que usamos e suas finalidades. Eles também precisam ser estáveis e seguros; já que, enquanto estão de pé, é importante que os idosos sejam os mais ativos e móveis possíveis. O foco deve ser o máximo de conforto.
 
Outra dica bem válida é manter os sapatos dos idosos arejando, de um dia para outro, alternando o uso. Isso vai manter o calçado sem umidade, evitando assim as micoses.
 
Podologia é a melhor escolha para avaliação e orientações seguras.
Todos esses hábitos vão ajudar no conforto dos pés dos idosos, mas o caminho ideal é fazer visitas constantes a profissionais especializados em podologia. Eles são habilitados a tratar dos problemas nos pés e possíveis alterações provocados pelo envelhecimento. 
 
Além disso, o Podólogo orienta sobre os cuidados e boas práticas diárias que ajudam a manter saudáveis os pés dos idosos.
 
A equipe de podologia da Clínica dos Pés têm profissionais aptos ao adequado atendimento de clientes da terceira idade. Além dos cuidados, fazemos encaminhamento para as especialidades médicas quando necessário. Aqui o idoso vivencia um agradável momento de autocuidado. 

 
Marque uma avaliação, gratuita, agora mesmo, e venha aproveitar os serviços da clínica que é referência na podologia em Florianópolis.

 


Venha conhecer a clínica dos pés e faça a sua avaliação

Avaliação Gratuita